Algazarras





Nas minhas algazarras revelo o que meu sexo curte: 
estripulias, gozos improváveis, correr de dedos e tentações safadas. 
Eu faço amor como quem transa utopias. 
Dois corpos escuros num só delírio. 
Línguas sem vergonha, posições sem caráter. 
Pretinho, não corta o pêlo. Enrrasta! 
Vou me derramar das entranhas e vamos vadiar...
Share on Google Plus

About Sueide Kintê

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário